segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

VOCÊ É UM COLECIONADOR?

Não sei bem por que esse assunto veio à baila, mas chegou me enchendo de questionamentos. E não conheço lugar melhor do que esse, para dividir opinião e compartilhar experiências.

Quando era criança, a única lembrança que tenho sobre colecionar alguma coisa é extremamente ligada ao meu pai. Figurinhas e álbuns que pareciam mais um hobby dele que meu ou dos meus irmãos. Tirando isso, eu colecionava pedras. Uma coleção de pedras médias e outra de pedras pequenas. Minhas pedras eram muito bem tratadas e sempre que eu via alguma pedrinha pela rua com aspecto interessante, era logo incorporada. Um dia cansado dessa função guardei minha coleção num arbusto, o tempo passou, o arbusto cresceu e nunca mais vi minha coleção.

Hoje não coleciono mais nada, nem DVD, nem CD, nada mesmo. E foi daí que surgiram meus questionamentos. Sou eu quem está por fora, ou coleções estão caindo em desuso?

Sem querer rotular, mas justamente por não fazer parte da minha essência, eu acho esse hobby (principalmente os que tomam dimensões avassaladoras na vida dos colecionadores) um pouco esquisito. Até entendo colecionar CDs, DVDs, afinal esses acervos podem ser ‘re-consumidos’, mas certas coleções me parecem inúteis. Também sei que se esse hábito não tivesse surgido séculos atrás, certamente não teríamos nossa civilização tão avançada. 

Conheço os benefícios didáticos do colecionismo às crianças, como guardar, organizar, selecionar, trocar e catalogar. Também conheço a limpeza mental que traz aos adultos colecionadores. Eu só queria saber se há um ‘por que’ de juntar e juntar e juntar...

Em última análise, ou nume análise bem mordaz , certas ‘manias’ que o ser humano tem me parece coisas de psicopata (Hannibal Lecter)... então nesse caso é melhor canalizar essa energia, que se colecione objetos à restos mortais!

Estou pensando em me aventurar no mundo das coleções para ver se descubro esse ‘barato’. Só não sei se adotar um hobby tão racionalmente é válido! Também não sei se tenho paciência e tempo para isso.

Há quem colecione corações! Mas esse assunto já tema para um outro post! Por enquanto fico por aqui, colecionando posts e amigos!

9 comentários:

Richard Mathenhauer disse...

Olá, João!

Que coincidência! Eu tb colecionava pedras... rs... é, andava pela rua e se via uma pedrinha que me chamava a atenção, já estava no bolso! Na adolescência cheguei a ter potes (desses de paçoquinha, sabe? rs)cheios de pedras. E colecionava selos, crucifixos, moedas e cédulas...
E hoje não coleciono nada. Acho que estou curado.

Abraços!

P.S. Corações... nunca.

Por que você faz poema? disse...

Coleciono tudo.

@adriano_mariano disse...

Rá! Eu também colecionava pedras! Gente, achei que fosse só eu... eu gostava daquelas mais arredondadas, ou translúcidas que vemos nas praias... enfim.

Mas eu colecionada de tudo! Colecionei latinhas de Refri, figurinhas e albuns de desenhos animados (aquelas que se vc completar a imagem, ganha algo.. e eu nunca ganhei nada!), colecionei cédulas e moedas de outros países, Cartões Telefônicos usados! Nossa... até hj tenho...

Mas hoje em dia... acho que só coleciono posts! rsrs... e esse é bem bom! Abraço.

Bruno Dezinho disse...

Acho que as coleções existem mais pelo prazer de se ter algo a que nos dedicamos com paixão, sem que aquele objeto posso nos ferir, nos machucar, destruir nossos sentimentos e expectativas. Colecionar pedras machuca menos que colecionar amigos. Colecionar selos dói menos do que colecionar namoros. Acho que o ser humano tem essa necessidade de sentir que é dono de algo, de se dedicar a algo. Eu coleciono livros. São minha grande paixão, e eles me magoam menos do que as pessoas que encontro ao longo da vida.

bRu.

Clenio disse...

Além de DVDS e revistas, eu coleciono ingressos de cinema... Ocupa pouco espaço e não me dedico a essa coleção, mas é legal... don't know how explain...

Bjos
Clênio
www.lennysmind.blogspot.com
www.clenio-umfilmepordia.blogspot.com

railer disse...

eu já colecionei gibis, selos, mas o que sempre ajudava as pessoas era minha coleção de chaves!

também já tive a coleção de livros do stephen king, que fui doando após ler e hoje coleciono caixas de fósforo de todo o mundo.

Michele P. disse...

Eu coleciono fotos do céu. Vale? rs

Alexandre Ferrari disse...

João, tenho verdadeiro trauma de coleção. Meu padrasto com quem eu convivi por um bom tempo não conseguia jogar NA-DA fora, e dizia-se um colecionador. Ou seja, a nossa casa sempre era abrrotada de coisinhas, todas as possíveis e imagináveis.
Eu jogo tudo fora. Tenho aversão a qualquer coisa que tenha par em casa. Não consigo me imaginar guardando nada. Estou, para se ter uma ideia, tão vacinado com acúmulo que basta eu comprar uma camiseta ou calça para dar uma que eu tenho no armário.

Lenny Moura disse...

Hoje os espaços são minimos e algumas coleções acabam ocupando espaços que serviriam pra outras coisas mais uteis...acho que esse é um dos motivos para nao colecionarmos mais nada. Coleciono tudo relacionado ao Engenheiros do Hawaii...ou melhor, não tenho mais tempo para procurar como antigamente, mas a minha coleção está la...guardadinha!

xêro

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...