quinta-feira, 30 de julho de 2009

TUDO QUE PENSEI


Tua voz, tranquila calmaria
Pensei que pra sempre a ouviria

Teus olhos brilhando vida sem fim
Achei que sempre estariam voltados pra mim

Teu corpo em pleno apogeu
Acreditei que pra sempre seria meu

Teus lábios de paixão e desejo
Pensei que era só meu o teu beijo

Teu cheiro de indescritível fragrância
Achei que não seria somente uma lembrança

Teus braços e teu abraço
acreditei que seriam meu indestrutível laço

Teu amor que inveja deu a quem nos via
Pensei que eu era o único que o receberia

Meus pensamentos foram todos em vão
Planos, projetos e eu, aos cacos pelo chão

(JOÃO FRANCISCO VIÉGAS - 2004)

Um comentário:

Cris disse...

não devia...mas acontece...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...