terça-feira, 27 de janeiro de 2009

MOSCAS VOLANTES - FLOATERS

Cada vez mais acho a internet um instrumento fantástico.

Não, eu não cheguei a essa brilhante conclusão hoje. Mas sempre que vejo as incontáveis possibilidades que a rede oferece fico ainda maravilhado.

O fato é que não sei desde quando, mas já há muito tempo, convivo com estranhas sombras em meus olhos.

Nada grave, nada que me assustasse ou prejudicasse minha visão, mas algo bastante intrigante e quase bizarro.

Sempre que olho para superfícies claras eu vejo flutuando em meus olhos alguns fragmentos de algo que não tinha idéia do que era. Pensei que fosse uma espécie de poeira que havia entrado na minha retina e que ali tinha ficado presa.

Passei anos observando esses ‘bichinhos acrobáticos’ dançando nos meus olhos em espetáculos privados, no entanto um dia contei a um amigo o que se passava nos meus olhos. Esperei por incompreensão, preocupação ou deboche, só não esperei encontrar reciprocidade!

Mais alguém no mundo tinha essas mesmas ‘visões’ enigmáticas! Foi uma surpresa também para esse amigo, que como eu, imaginava-se sozinho nessa anomalia quase divertida.

Se eu não era o único, isso significava que no mundo deveria ter mais pessoas como nós. E ai entra essa magnífica e poderosa ferramenta chamada ‘internet’.

Não foi preciso muito tempo para descobrir que essa poeirinha no olho tem nome, e até a gente se acostumar é um nome bem asquerosinho: MOSCAS VOLANTES.

Quase que confundi isso tudo com o Fenômeno de Scheerer, que tem algumas semelhanças, mas o que eu tenho é mesmo chamado de Moscas Volantes, ou Floaters, que de parecido com moscas não tem nada.

Fim do enigma, fim da solidão.

Encontrei no Orkut, o xodó dos brasileiros, comunidades com centenas de pessoas com esse problema. Alguns com casos mais sérios e incômodos que o meu. É bem edificante ver esses depoimentos de pessoas que, como eu, se achavam únicas com esse problema.

Pus o link com as informações que o Wikipédia traz sobre o assunto. Fala-se também de um tratamento com laser, que eu não pretendo fazer.

Minhas moscas volantes são domesticadas e não atrapalham em nada o meu dia-a-dia, ao contrário, por exemplo, quando estou na cadeira do dentista e tenho que distrair minha mente, são minhas amigas volantes que me ajudam. Pode parecer loucura, mas dá pra brincar com elas!!

Espero, sem demagogia, que cada vez mais a inclusão digital ganhe força para democratizar verdadeiramente esses meios de comunicação que podem, se bem usados, solucionar pequenas dúvidas ou até mesmo salvar vidas.

9 comentários:

Dom Fernando II disse...

Ah, outro superpoder: quando alguém me informa uma sequencia de numeros eu consigo adivinhar os ultimos.
Não, não funciona com mega-sena, só com CPF
kkkkkk

Dom Fernando II disse...

Eu não tenho problemas de visão, pelocontrário: enxergo muito bem, inclusive através das pessoas. Acho que é meu super-poder ou uma compensação pela audição que cada vez piora...achu que até os 30 não escutarei mais nada mesmo.
Que seja né?
Se chover nesse findi, peço que vc faça parar de chover, sei q vc consegue.
abraços

Anônimo disse...

Meu Deus! Obrigadãããão por este post! Também tenho estas sombras nos meus olhos e quando fui pesquisar ao google só apareciam nomes de infecçoes e cirurgias a laser com risco de cegueira e fiquei paranóica! São 5h00 da manhã e não consigo dormir! Com este post estou tão aliviadaaa! Obrigada! Mas mesmo assim acho que vou ao meu oftalmologista na segunda :)

Paulo disse...

hahahaha!!

Também tenho desde muito criança e só como você resolvi dar uma pesquisada na internet e acabei descobrindo essa curiosa condição. Também achava que tava sozinho com essa 'habilidade' de ver células...
Como você, também me divirto tentando focar neles mas eles sempre escapam. Abraços cara e boa sorte com os floaters.

Thiago disse...

Tb tenho isso desde sempre, mas confesso q nunca me interessei mto em procurar a explicação, pq nunca me incomodou em nada, pelo contrário, eh até uma distração hehe

por sinal, descobri há uns anos, por acaso, q se tratava justamente de moscas volantes...

Helena disse...

Procurando sobre Parques de Porto Alegre encontrei teu blog. Achei muito interessante e fui lendo outros posts até encontrar este, Moscas Volantes. Nunca imaginei descobrir assim, numa viagem pela internet, o que é algo que descobri em meus olhos há muitos e muitos anos, quando viajava com minha família de carro e ficava olhando para o céu. Valeu. Pelos teu textos e pela descoberta.

Helena
http://dajanelaeoutrasimagens.blogspot.com/

LINDOS CACHORROS À VENDA disse...

também descobri esse enigma em minha visão, antes sentia algo estranho, mas ultimamente parece que ficou mais intenso, fui a uma oftalmologista e a mesma me disse que era princípio de catarata, mas ai não me senti totalmente seguro com a informação e resolvi procurar outro oftalmologista e esse me disse ser uma célula que percorre a retina, bah fiquei mais louco com a informação. Ai pesquisando pela internet achei seu blog e mais algumas informações à respeito, e vejo que meu problema é esse mosca volantes.. Agora irei procurar um terceiro oftalmologista para confirmar essa minha tese...hahahahaha...mas na boa e so no olho esquerdo, e me encomodo com esse bagulho, principalmente quando em dia nublados ou quando olho para uma folha branca...

Mariana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Olá, eu tenho 23 anos e apesar de ter essas coisinhas me acompanhando a vida inteira só agora me senti incomodado. Resolvi dar uma pesquisada na internet e só apareceram relatos de pessoas extremamente deprimidadas afirmando que não existe reversão pare essa condição.
Obrigado pelo seu texto, me deixou bem mais tranquilo.

Eduardo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...