segunda-feira, 28 de março de 2011

OS CASAIS MAIS ROMÂNTICOS DO CINEMA

Sinceramente não saberia dizer qual o casal mais romântico da história do cinema, afinal épocas distintas parecem querer escolhas distintas, ainda que certas coisas, como um bom romance, sejam atemporais.

Uma eleição (créditos a revista "People" e a rede ABC) que teve mais de 500 mil votos fez essa pergunta e o resultado não me espantou. Talvez minhas escolhas fossem outras, mas contaminado pelo resultado não consegui o distanciamento para ter uma decisão genuinamente minha, mas certamente o meu top 10 não seria muito diferente disso!!

O resultado foi esse:
1- Leonardo DiCaprio e Kate Winslet em Titanic - 23%
2- Clark Gable e Vivien Leigh em E o Vento Levou... - 15%
3- Richard Gere e Julia Roberts em Uma Linda Mulher - 14%
4- Humphrey Bogart e Ingrid Bergman em Casablanca - 12%
5- Spencer Tracy e Katharine Hepburn em A Mulher do Dia - 10%

Eu como consumidor assumido de romances e comédias românicas adorei essa enquete! Na minha lista ainda estariam filmes como Ghost, Mr. & Mrs. Smith e Moulin Rouge, além de muitos outros, por que não é tão difícil me ganhar.

Uma boa comédia romântica para um domingo chuvoso: basta jogar um casal bonitinho com uma química boa, um conflito básico e aparentemente insolúvel, algumas situações comicas (com o mínimo de originalidade que ainda esteja disponível), uma trilha sonora bem selecionada e está feito o bolo!!

Tudo bem que a historia é quase sempre a mesma, o fim é quase certo, mas é tão bom ver as diversas formas de se 'brincar' com uma das melhores coisas da vida: O AMOR! – não me iludo nem idealizo relacionamentos, sei que o que se passa na tela dificilmente salta para vida real, se fosse simples assim estaríamos falando de documentários, então abrace o lúdico, esqueça o significado da palavra piégas e se divirta e se emocione, afinal isso é só entretenimento!

Para quem quiser saber melhor sobre a eleição é só clicar aqui!

8 comentários:

Lenny Moura disse...

Adoro a Natalie Portman com o Hayden Christensen como Padmé Amidala e Anakin Skywalker no classico Star Wars

Michele P. disse...

João

Gostei da sua atitude e posicionamento com relação aos filmes românticos. A maioria dos homens sente-se pressionado a negar que apreciam por considerá-los "muito água com açúcar". O fato de gostar destas películas não torna um homem mais ou menos másculo. Afinal, trata-se, como você colocou, de simples entretenimento.

Nota 11 pelo texto!

Abraço meu.

o Humberto disse...

Eita! O post perfeito pro meu final de semana.

Bom, eu me vi vivendo exatamente o que se passava numa comédia romântica (foi muito engraçado assistir o filme neste momento). Não sei como serão os próximos filmes, mas como você muito sabiamente disse, vou me "abraçar ao lúdico". Deixa a vida acontecer, né?

Deixa eu pensar um casal de filme que eu ame... bom, não me vem à mente mesmo, mas lembro fácil de duas comédias romãnticas que amo (nem acho tão comédias assim, mas): "Amor aos Pedaços" (http://www.adorocinema.com/filmes/amor-aos-pedacos/) e "A razão do Meu Afeto" (http://ohumbertoexplica.blogspot.com/2010/10/por-um-pouco-de-docura.html)

Abraço João, ótima semana pra você tb!
:D

Edu disse...

:-)

João Ludugero disse...

Visite meu blog.Se gostar, me siga. Hiper abraço iluminado.Felicidades e muitas alegrias. Hoje e sempre.
João.
PS.: Adorei estar aqui.
Já estou te seguindo.

Dan disse...

eu gosto do shrek!!!

:D

ta bonitao na foto nova!
eheheh

railer disse...

oi joão, muito bacana isso, mas acho que o melhor casal é aquele com o qual a gente se identifica, aquele cuja história nos lembra algo que nós também vivemos.

Anônimo disse...

João descobri seu blog por acaso, gostei muito, você tem olhos azuis?
Devem ser hipnotizantes de lindos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...